17.1.11

Feliz aniversário, Envelheço na cidade 2

No dia 17 de janeiro de 2009, esta página entrava no ar com o trecho inicial da noveleta que lhe emprestou o nome e que acabou sendo publicada na coletânea Steampunk - Histórias de um passado extraordinário da Tarja Editorial. No mesmo dia e mês do ano seguinte, publiquei o início de uma outra noveleta, ainda inédita mas que deverá sair em uma coletânea de outra editora. Hoje, para comemorar o segundo aniversário deste blog, aqui vai o começo do conto "Conquista dos mares", a ser publicado em breve na coletânea Deus Ex-Machina - Anjos e Demônios na Era do Vapor, da editora Estronho - cujo dono, o incasável M. D. Amado, também completa anos hoje, por uma grande coincidência.

Eu havia falado do convite para participar daquele livro em dezembro, mas ainda não comentei nada sobre o conto. Este, ao contrário dos outros textos steampunks que cometi, não é protagonizado pelo agente da Polícia dos Caminhos de Ferro, João Fumaça. Como a proposta da coletânea, organizada pelos confrades Cândido e Tatiana Ruiz, envolvia o combate entre anjos e demônios, resolvi escrever uma continuação do meu miniconto de fantasia "A diabólica comédia". Em "Conquista dos mares", vamos ver alguma das consequências do golpe de estado que mudou o poder no Inferno e como o novo regente se comporta na guerra contra antigos aliados, tudo isso envolvido com elementos steamers. Como aconteceu com o primeiro conto, inspirado em "Ave, Lúcifer", dos Mutantes, este também partiu de uma inspiração musical, como fica claro pela citação inicial. Espero que gostem da amostra, agradeço a leitura em mais este ano de atividade do blog e deixo meu parabéns para o Cidade Phantástica e para o meu novo editor.




A Diabólica Comédia – A conquista dos mares

Oh, in the war is common cry
Pick up you swords and fly
The sky is filled with good
And bad that mortals never know

“The Battle of Evermore”, Led Zepellin

A bocarra se arreganha ao despontar sobre as águas que o monstro atravessa como se fosse uma serpente prestes a dar o bote. Seu corpanzil negro vem logo atrás; metade submersa, metade para fora dos vagalhões que sua passagem provoca. Entre as duas fileiras de dentes, posicionados num cortejo de lâminas afiadas, a fera regurgita faíscas incandescentes. É possível ver as chamas arderem lá dentro, irrompendo vez por outra feito o magma dos vulcões, expelidas como o veneno encarnado de suas peçonhas. Em momentos assim, o brilho do fogo se reflete nas grossas escamas que protegem cada parte de sua forma bestial. Das narinas do monstro, dois buracos que se assemelham a crateras lunares, são liberadas nuvens negras e ondulantes, empesteando os céus da mesma forma que sua simples presença conspurga o oceano de onde acabou de brotar.

Este é Raab, “O Arremetedor”, a encouraçada nau-capitânea submergível da frota dos infernos. Ela segue seu rumo com as caldeiras exigidas ao máximo para produção do vapor que impulsiona a ela e à sua tripulação sempre em frente, ao encontro do inimigo nestes tempos de guerra. Assim que emerge, aquilo que seria o dorso da criatura reptiliana que ela representa se abre, dando à máquina bélica uma configuração de navio, e expondo parte dos tripulantes aos ares oceânicos.

Nesta noite de trevas tão densas que obrigam a luz dos olhos da figura de proa a brilhar como sóis, o comandante da nave aproxima-se de seu novo rei. O primeiro enverga a pesada armadura que o consagrou, feita de placas metálicas negras, formando uma carapaça sólida. O segundo veste as roupas cerimoniais herdadas do antigo ocupante do cargo que, por ora, assumiu como seu.

13 comentários:

bibs disse...

*-* led zepellin *-*
só não gostei do seu conto pq vc não colocou ele completo uahuahauahua

parabéns pelos 2 anos!! e que venham mais =D

Romeu Martins disse...

E tem um zepellin chamado LED no conto ;-)

Brigado, vamos ver quanto mais vem pela frente ;-)

Tatiana disse...

*Fazendo inveja pra Bibs*

Eu já liiii, eu já liiiiii...

E olha, vale MUITO a pena viu?! Mas logo logo vc mata a curiosidade quando a antologia sair^^

Feliz aniversário de blog mocinho^^ td de melhor pra vc nos próximos muitos anos q estaremos aqui ;]

Mil bjs e felicidades!

Romeu Martins disse...

Obrigado, Tatty, minha editora, também ;-)

Tânia Souza disse...

Assim que vi a divulgação pensei, não vou ler, não vou ler... mas não resisti, agora é aguentar a curiosidade para ler o conto inteiro no livro.

Parabéns pelos 2 anos de Cidade Phantástica! E que venham muitos outros!

Romeu Martins disse...

Opa, brigado, Tânia ;-)

Foi só uma amostrinha e logo, logo o livro tá nas mãos. Valeu pela leitura e pelo comentário, volte sempre!

M. D. Amado disse...

Parabéns pelo blog, meu velho! Muito sucesso sempre!

Romeu Martins disse...

Opa, obrigadão ao meu editor e também aniversariante do dia! Muitas felicidades e sucesso, Emedê!

Giseli disse...

Ae, parabéns pelo blog, Romeu! Espero que continue com a safra de posts a vapor :) Vai ter festa? E bolo? :P

Romeu Martins disse...

Hmmm, com carvão e vapor, combinaria bem um churrasco, né? hehe, brigado, Gi!

Giseli disse...

Oba! Churras! :P E não esquece do bolo :PPPP

Marcelo Augusto Galvão disse...

Parabéns, Romeu!

Romeu Martins disse...

Brigadão, Galvão!

Só não posso pagar as passagens do pessoal, Gi ;-)