4.5.11

Comendador, com muito orgulho

Naquela caixinha azul que estou segurando na foto abaixo, há uma placa com as seguintes palavras:

Ordem da Caldeira

Por serviços de inestimável importância ao Movimento RetroFuturista no Brasil a Sociedade Retrofuturista e o Conselho SteamPunk conferem esta comenda em hora ao mérito do confrade Romeu Martins


Raios triplos me partam se esta não foi a maior alegria que já tive relacionada à ficção científica desde que resolvi escrever o primeiro conto, lá em 2008. A homenagem foi feita neste último final de semana, em São Paulo, durante o evento de lançameto do livro Mortal Engines, de Philip Reeve. Não vou mentir que foi uma total surpresa, pois já sabia pelas conversas com Bruno Accioly, Cândido e Tatiana Ruiz, todos do Conselho Steampunk, que alguma eles estavam me aprontando. Mas mesmo antecipada, a comenda foi recebida com doses fartas de alegria e de orgulho por este blogueiro, jornalista e escritor aqui.



Aliás, depois desse evento, posso citar também palestrante na minha lista de atribuições. E essa, sim, foi uma surpresa, pois acabei preenchendo uma cadeira vaga, ao lado de Cândido e Bruno, como pode ser visto na foto acima, para uma conversa a respeito de retrofuturismo dirigida a uma plateia superlotada. Exato, o espaço deixado à disposição pela Saraiva do shopping Morumbi para o evento da editora Novo Século, foi totalmente ocupado pelo público e algumas pessoas ficaram de pé para nos ouvir. Um sucesso, sem dúvida, devido aos organizadores e às atrações, como o desfile de roupas steamers de Lili Angélika e suas lindas modelos e as joias da Liga de Artífices Steampunk. Tenho que deixar aqui meus agradecimentos de público a todos, principalmente aos citados Bruno Accioly e ao casal Ruiz (na casa do qual, em São Caetano do Sul, fiquei hospedado neste final de semana excelente), pela homenagem, e a todas as dezenas de participantes pela acolhida.

Voltei de São Paulo com alguns efeitos colaterais daquilo que calculei como mais de quarenta horas somadas de exposição ao ar-condicionado em três dias: um tanto de irritação na garganta e febre. Mas assim que estiver melhor, volto a comentar sobre o evento e resenho o livro lançado nele, pois tive tempo de ler Mortal Engines na volta para casa e adianto que gostei muito. Fotos deste encontro que reuniu o quem-é-quem da comunidade steampunk brasileira podem ser conferidas no flickr do Conselho, de onde tirei as duas imagens deste post, feitas com a câmera de meu quase xará Rommel Werneck.

7 comentários:

Giseli disse...

Fala aí comendador :) Congrats pela comenda! :D
Arruma aí o link pro Flickr, o link do seu blo tá junto com o do Flickr rs.
Depois preciso te passar as minhas fotos né?

Romeu Martins disse...

Opa, Gi! Brigado pela correção do link, a gripe me deixa beeeem lerdo... mais do que o normal, hehe! Foi ótimo te encontrar lá e quero ver as tuas fotos, hein? Não deixa de passar pro conselho@steampunk.com.br também ;-)

Febo Vitoriano disse...

Hey, espera que tem mais foto. A debora fez ate video rs

Febo Vitoriano disse...

As minhas fotos são outras s~çao umas malucas kkk

Romeu Martins disse...

Acabei de postar umas da Gi

bibs disse...

que demais!!! parabéns de novo!!!
super merecido hein?! =D
estou louca pelo livro *-*

beijos

Romeu Martins disse...

Resenho ele logo, logo ;-) brigado de novo!