20.1.12

Capa e trecho inicial de A Máquina Diferencial

Foi em 2009 pela primeira vez que a Editora Aleph anunciou que publicaria no Brasil o livro que é considerado o primeiro romance verdadeiramente planejado como uma obra steampunk. Depois do longo processo de preparação editorial e adaptação, finalmente a editora revelou como será a capa e deixou disponível 38 páginas do texto de A Máquina Diferencial, livro escrito a quatro mãos por William Gibson e Bruce Sterling, publicando originalmente em 1991. Abaixo, deixo registrada a capa que o livro terá no Brasil e o post do blog da editora que remete ao arquivo com as primeiras páginas desta obra fundamental para a cultura steamer.


Se você gosta de steampunk, com certeza já ouviu falar do clássico A Máquina Diferencial(The Difference Engine) escrito por dois grandes autores da ficção científica moderna – William Gibson e Bruce Sterling. O livro poderá ser encontrado nas livrarias na primeira semana de fevereiro. No site da Aleph, estará disponível no dia 31 deste mês.


A história - Graças ao gênio de Charles Babbage e à sua máquina diferencial — capaz de realizar avançados cálculos matemáticos com um simples girar de engrenagens —, a Inglaterra vitoriana consolida-se como potência mundial. Entretanto, uma sinistra conspiração ameaça as bases do governo, colocando em risco todas as conquistas do Partido Radical.
Às voltas com misteriosos cartões perfurados, envolvem-se na intriga a filha de um notório agitador ludita, um proeminente paleontólogo, a filha de Lorde Byron, então Primeiro-ministro, além de um jornalista misterioso. Unidos por elos invisíveis, estes e outros personagens lutarão por seus planos, suas carreiras e por suas próprias vidas contra inimigos ocultos e perigos assustadoramente reais.
A edição que será publicada pela Aleph conta com extenso material de apoio à leitura: umguia de personagens e glossário de termos específicos, arcaicos ou simplesmente inventados pelos autores, desenvolvidos especialmente para o público brasileiro, além de um posfácio escrito pelos autores vinte anos após a publicação original, oferecendo uma releitura interessante da obra.
*Se você não faz nem ideia do que seja steampunk, respira fundo e clica aqui.Enquanto o livro não chega, que tal ler um trecho?

10 comentários:

Pedro Dobbin disse...

Opa! Já para a lista de livros a serem adquiridos/lidos esse ano. Pelo visto ela vai ser grande!!!

Romeu Martins disse...

Então, Pedro, já em fevereiro temos dois grandes lançamentos steampunks: A Máquina Diferencial e Boneshaker!

Tiago disse...

Desde que li mortal engines tenho gostado cada vez mais do gênero steampunk. Fico feliz em saber que a mais livros do gênero a ser lançado no pais.

Romeu Martins disse...

Opa, Mortal Engines até foi resenhado por aqui e a continuação dele já saiu no Brasil, Tiago. Além do Difference Engine, temos confirmados para 2012 Leviatã, Boneshaker, Steampunk Bible e as coletâneas Underworld of Steampunk e Retrofuturismo!

Tiago disse...

Depois vou procurar a resenha para ler, Bonesharker já comprei a alguns dias na pré-venda, os outros livros já tinha visto algumas coisas por ai e hoje estava lendo no site sobre eles menos esse Retrofuturismo que não tinha ouvido falar sobre, agora Leviatã me deixou bastante curioso.
Só não gostei do fato de o ouro do predador ter saído com o titulo em português. A coleção vai ficar estranha.

Romeu Martins disse...

Opa, a resenha está em http://cidadephantastica.blogspot.com/2011/05/mobilidade-urbana.html (também achei estranho o segundo livro vir com o título traduzido, ao contrário do primeiro).

Retrofuturismo é o nome de uma coletânea com toda forma de derivados do steampunk - do stonepunk ao atomicpunk - que estou organizando para a Tarja Editorial. Deve sair ainda no primeiro semestre

Tiago disse...

Tem dieselpunk também certo? Mais esse livro será formado por contos ou será parecido com a bíblia do steampunk?
E a bíblia pelas fotos que vi parece muito interesante, gostei muito das ilustrações que compõem a obra. Sabe se a bíblia será publicada por aqui em capa dura?

Romeu Martins disse...

O livro Retrofuturismo vai ser uma coletânea de contos, um para cada uma dessas modalidades, incluindo dieselpunk (conto escrito por Renato Azevedo).

A Bíblia Steampunk vai ser publicada no Brasil com o mesmo formato americano pela Underworld, traduzida por Fábio Fernandes e, com a autorização dos autores Jeff VanderMeer e S.J. Chambers, vai ter conteúdo nacional exclusivo!

Anônimo disse...

[url=http://site.ru/]site.ru[/url]

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ acheter cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis pas her
http://prezzocialisgenericoit.net/ generico cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis