9.5.09

Verne em estilo japonês


Pesquei a notícia no blog do Alexandre Lancaster, Maximum Cosmo, o Omelete dos mangás:

A Shueisha está lançando uma nova coleção das obras de Jules Verne, um dos pais da ficção científica como a conhecemos e padroeiro espiritual do gênero que viria a ser conhecido como steampunk. E reuniu um time sensacional para as capas da coleção: Masakazu Katsura (de Video Girl Ai, I's e Zetman), Kazuki Funatsu (Addicted to Curry) e Betten Court (do crudelíssimo – e plasticamente belo – Girfriend). Claro que ninguém vai importar os livros em japonês só por causa das capas, nem essa notícia vai mudar a vida de ninguém, mas eu não resisti a postar essas imagens. Elas são de primeira.

Sou obrigado a concordar com ele e republicar por aqui as três capas aqui, no Cidade Phantástica.

2 comentários:

MilaF disse...

Belíssimas ilustrações! E olha que nem sou chegada em mangá.

Romeu Martins disse...

Pois então, nem eu sou o maior fã do estilo, mas ficaram bem bacanas as capas.

E começaram a vender em bancas livros do Verne com preços bem camaradas. Unfelizmente não vi em bancas daqui, mas sei que Volta ao mundo em 80 dias já está disponível ai em Sampa.